Sertão é por os campos gerais a fora e a dentro,
eles dizem, fim de rumo, terras altas, demais do Urucuia...
Lugar sertão se divulga: é onde os pastos
carecem de fechos; onde um pode torar dez, quinze léguas,
sem topar com casa de morador...


Sertão é o sozinho(...)Sertão: é dentro da gente.



sábado, 1 de outubro de 2011

"Viver é um descuido prosseguido."

Oi José,

O que está neste blog é fato.
Ainda tenho muita história para contar aqui.

Por incrível, ou estranho que pareça, esta viagem não foi tão difícil quanto imaginei.
Primeiro não acreditava que seria capaz de cumprir tantos kilômetros em bicicleta porque pensava que iria encontrar adversidades no caminho que acabariam me fazendo optar pelo transporte rodoviário na maioria dos casos. Tinha medo, especialmente da hostilidade dos homens. Esperava ser desrespeitada e me sentir vulnerável na estrada. Mas para minha surpresa - e boa surpresa - fui muito bem tratada por todos e não me faltou ajuda e solidariedade. Os homens, que eram minha maior preocupação (e também porque são a grande maioria na estrada), nunca me desrespeitaram, tentaram qualquer tipo de abordagem maliciosa ou deram informações para me colocar em perigo. Sempre foram muito amistosos e solícitos.

De qualquer modo, a maior dificuldade a ser enfrentada é mesmo o medo do desconhecido. Por mais informações que você colha antes, nunca sabe o que virá pela frente: até uma vaca pode causar medo, pássaros... - E isso desgasta. Mas também proporciona uma experiência inevitável de autoconhecimento porque você é obrigado a negociar com seus medos o tempo todo para que eles não te esgotem as forças. Por isso que a única garantia que tinha de que pelo menos eu tentaria realizar esta viagem era saber que lido bem com a solidão e tenho controle emocional. Fora isso, é necessário se dispor ao risco e ter humildade, porque por mais que você planeje, se está indo para um lugar não convencional de turismo, não sabe o que poderá encontrar.

Felizmente, meu únicos e reais vilões foram o sol, a poeira e a areia de algumas estradas. Os homens, que me assustavam, só me fizeram ter mais fé na humanidade.

Se lançar é possível - e é bom que seja com um tanto de medo - mas é necessário confiança e coragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário